Skema > Todas os noticias > aluno-skema-startup-orbita

NOTÍCIAS

Estudante impulsiona start-up em órbita com a Agência Espacial Europeia

Publicado em 05 de janeiro de 2023
Compartilhar   

Mathieu Mérian, aluno do programa Global BBA da SKEMA no campus Sophia Antipolis, desenvolve exoesqueletos impressos usando impressoras 3D com sua start-up My3D.

Se alguém lhe dissesse que um dia o seu projeto interessaria à prestigiada Agência Espacial Europeia, Mathieu Mérian provavelmente não teria acreditado. Em novembro, a My3D, a start-up que cofundou e que desenvolve exoesqueletos impressos com recurso a impressoras 3D, foi escolhida para se juntar às empresas incubadas pela ESA BIC Sud France, que já apoiou 130 negócios no setor espacial e nos seus setores de aplicativo.


"Percebemos que era possível uma ligação com o setor espacial"


O objetivo dessa iniciativa é fomentar a criação e o desenvolvimento de empresas fundadas na transferência de tecnologia. "Percebemos que uma conexão com o setor espacial era totalmente possível ao propor um exoesqueleto destinado à atividade extraveicular no espaço, bem como um exoesqueleto projetado para permitir que os astronautas reduzissem a perda de massa muscular", diz Mathieu Mérian.


Exoesqueletos fabricados a partir de materiais reciclados


O primeiro objetivo de Mathieu Mérian é fabricar exoesqueletos para pessoas que não podem se mover; no entanto, esta oportunidade estratosférica dá ao aluno novas possibilidades em um setor em expansão. "É uma honra para nós receber tais oportunidades, por isso devemos um enorme obrigado à ESA BIC Sud France! Esta parceria realmente abre as portas para o setor espacial, dando-nos a possibilidade de fazer parte dos programas espaciais que moldará o mundo futuro", diz Mathieu Mérian com entusiasmo.


Por que escolher a SKEMA?
No topo dos rankings franceses e internacionais Veja os rankings
A Escola de Negócios Globais Vejas as notícias da SKEMA
Um ampla gama de Programas COMPARE